Páginas

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Sobre Moda...

Oi, pessoal!
Hoje venho mostrar dois looks: um foi usado no Natal e o outro no Ano Novo. 


No Natal, escolhi um look preto.
Com destaque pro colar e pro calçado...




No Ano Novo, escolhi um look branco e azul.
Destaque pra parte inferior... 




Sempre prezo pelo conforto! Hehe

Gostaram das minhas escolhas?

Abraços, Cris

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Stroopwafel Moinho!

Oi, pessoal! 
Como passaram as festas de final de ano? Espero que bem! 
Vou começar as postagens, agora em 2018, com uma ótima notícia...


Ganhei uma ação, na página do Facebook: Stroopwafel Moinho!

O prêmio recebido...

Eu adoro esse wafel holandês!


Inclusive, já tinha falado sobre ele: AQUI.

Meu prêmio em detalhes... 3 pacotes de wafel e 1 lata decorada!
 

Abrindo...

Feliz!!

Adorei meu presente!!

Obrigada, Stroopwafel Moinho
Estou me deliciando com esses biscoitos...

Abraços, Cris

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Natal, Ano Novo e Férias...

Oi, pessoal!
Esta será a minha última postagem de 2017...
Tirei algumas fotos da decoração natalina de Gramado/RS.  

Espero que gostem... 








Agora vou entrar em férias e passar um tempo em Panambi (na casa dos meus pais)...

  Tô chegando, Rua Aurora!

Pra todos que visitaram meu blog em 2017, desejo...

FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO!

Até 2018!

Abraços, Cris

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Ficando Hygge...

Oi, pessoal! 
Inspirada na minha última postagem, sobre o livro "O Segredo da Dinamarca", trago algumas fotos. 
Hygge = sensação de bem-estar, aconchego, conforto... Momentos simples e especiais...

Acender uma vela cheirosa...

Naquele dia de cerração...


Colher algumas flores no mato...

Naquele dia de sol...


Escutar aquelas músicas de Natal...

Na melhor época do ano... Hehehe


Comer um delicioso wafel holandês...

Com um chá quentinho pra acompanhar...

O wafel lentamente amolecendo...
Sabor e aroma singulares!

Pra mim, tudo isso é hygge... Pra mim, tudo isso é muito bom!


Abraços, Cris

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

O Segredo da Dinamarca

Oi, pessoal!
Hoje venho falar sobre um livro que adorei:

"O Segredo da Dinamarca" - Helen Russell

"Descubra como vivem as pessoas mais felizes do mundo"


Resumindo: o livro conta a história da própria autora, uma jornalista curiosa. Devido ao trabalho do marido (na Lego! - sim, aquela dos brinquedos), eles se mudam da Inglaterra para a Dinamarca. De Londres para uma pequena cidade do interior, Billund. 
A partir daí, ela passa a "investigar" o estilo de vida dos dinamarqueses e os motivos de serem tão felizes. Além de relatar suas experiências do dia a dia (com aquele humor britânico...), ela entrevista diferentes especialistas. 
O resultado é um livro gostoso, divertido e rico em informações culturais! Sério, super aprovado!




Algumas conclusões da autora (além da questão genética, ela cita outros motivos da felicidade dinamarquesa): 

- Os dinamarqueses confiam nas pessoas ao seu redor e no seu governo;
- Eles valorizam os pequenos prazeres da vida (hygge), especialmente durante o longo inverno, acendendo velas, tomando chás, comendo biscoitos, aproveitando o tempo em família e as cobertas;
- Os dinamarqueses praticam atividades físicas, das mais variadas (brinque, divirta-se!);
- As casas são limpas e organizadas. Eles cuidam dos pequenos detalhes, gostam de decorar a casa com minimalismo;
- São felizes no trabalho. E, ainda mais importante, sabem equilibrar vida profissional e pessoal;
- Gostam de regras e tradições: a estrutura ajuda os dinamarqueses a se sentirem seguros;
- Pagam um dos impostos de renda mais altos do mundo, mas o dinheiro é bem utilizado (especialmente, em educação e saúde);
- Possuem um senso coletivo de orgulho do seu país, responsabilidade, respeito e pertencimento (ninguém é melhor do que ninguém);
- Os doces dinamarqueses são deliciosos!



Só lendo pra entender a riqueza desse livro! 
Importante destacar que além dos pontos positivos da Dinamarca, a autora também aborda os problemas do país... 
Uma boa chance de refletir sobre a própria vida...

Abraços, Cris